Bilionário trabalha mais de 12 por dia aos 75 anos

O empresário francês, Bernad Arnaut, dono do grupo LVMH que reúne mais de 70 marcas, entre elas Louis Vuitton, Christian Dior, Tiffany, Sephora, Givenchy e Marc Jacobs, revelou em entrevista a Blooberg, que trabalha mais de 12 horas por dia, inclusive nos finais de semana, aos sábados, acompanhado por guarda-costas e filhos, ele passa a manhã visitando lojas de seu império de luxo, fazendo um tipo de inspeção em que avalia o estoque em busca de discrepâncias e imperfeições. Em seguida, ele notifica suas equipes sobre quaisquer deficiências. Já nos raros momentos de tempo livre, ele costuma jogar tênis com seu amigo Roger Federer, ex-tenista profissional.

“Quanto ao futuro, tenho cinco membros da família trabalhando no grupo. Vamos ver se um deles tem capacidade para assumir”, disse Arnault.ho. Os candidatos a sucessor de Arnault no comando do grupo incluem seus cinco filhos: Delphine, 49 anos; Antoine, 47; Alexandre, 32; Frédéric, 29; e Jean, 25.

Arnault, ao longo dos últimos 40 anos, reuniu o maior conglomerado de luxo do mundo e globalizou o setor, sendo quase que exclusivamente graças a ele que o luxo agora é uma obsessão desde Xangai, na China, até Beverly Hills, nos Estados Unidos, passando também por toda a Europa.

Segundo o relato, Arnault começa os dias de trabalho às 8h e termina às 20h30. “Todas as manhãs, eu me divirto quando chego”, destacou o empresário. Suas reuniões diárias são sempre pontuais e Arnault costuma falar inglês com os executivos estrangeiros, embora insista que eles devam aprender francês.

O sábio  Chinês, Confuncio,  afirmou que quando o trabalho é feito com amor, ele se torna um lazer. Arnaut serve de exemplo para os não gostam de trabalhar,

“Escolhe um trabalho de que gostes e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *