Bolsonaro acusa Leonardo DiCaprio sem provas

Sem provas, Bolsonaro acusa Leonardo DiCaprio de pagar para ‘tacar fogo’ na Amazônia
O presidente declarou nesta sexta-feira, em Brasília, que o ator está financiando queimadas. ‘Agora, Leonardo DiCaprio é um cara legal, né? Dando dinheiro para tacar fogo na Amazônia’, disse. O nome do ator já tinha sido citado pelo delegado da polícia civil, José Humberto Melo Júnior, que investiga incêndios criminosos em Santarém, no Pará. Ele afirmou que a ONG Projeto Saúde e Alegria (PSA) criava focos de incêndio para depois fotografar. De acordo com o delegado, a ONG vendia tais fotos para WWF-Brasil usar em campanhas para arrecadar doações internacionais – incluindo uma de DiCaprio no valor de US$ 500 mil. A WWF nega que tenha comprado fotos ou recebido doações do ator em questão.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.