Janot o procurador incompetente que produziu provas contra si

Comentário de uma lavajatista:

“Janot,  inteligentemente  jogou a isca e o Gilmar briçola Mendes mordeu.   Janot achou um jeito de entregar seu computador e seu celular para a Polícia Federal.   É tudo o que o Janot queria e o Gilmar não esperava. Agora, a PF vai tomar conhecimento de coisas sinistras de muita gente graúda no meio juridico.  O STF já deve ter percebido que foi feito de bobinho e que o c. de todos eles está  nas mãos da Polícia Federal.   Vai ser estardalhaço no STF.   Se de fato calculado,  um elegante lance de sacrifício da torre!!”.
A. frase é  de extrema falta de inteligência.  Se Janot teria algo contra Gilmar, bastava  fazer a denuncia. Não precisava criar “um jeito para entregar o CPU a  PF”. Se no computador, foi plantado algo de forma proposital para confundir a polícia e incriminar Gilmar, isso será inútil. O certo é que Janot é um homem enrolado com a justiça . Ele confessou dois crimes. Entrou armado no STF ( mesmo com porte, é crime) tentativa de homicídio é crime. Agora, foi descoberto que no dia em que ele disse que tentou matar Gilmar, ele não estava em Brasília. Em outras palavras, Janot, mentiu.I objetivo dele com a conversa foi estimular na mídia, um psicopata criminoso a fazer aquilo que ele deseja (matar Gilmar) e não tem coragem para fazer
Quem viola a lei está a margem da lei.. É marginal. E fazendo parte da justiça, ( MP, juiz  , delegado,  ) o crime é de maior gravidade, porque está sendo praticado por quem ocupa cargos justamente para combater o crime.  Só bolsominios e lavajistas imbecis, podem aprovar isso. A lei é lei, para todos. Não é flexível, seletiva. Quem a viola é criminoso.
Janot é foi flagrado em um buteco bebendo cachaça com um advogado de defesa, sendo ele o acusador do processo.

Deixe uma resposta