A demissão dos procuradores e a escolha do novo procurador da república

Bolsonaro contrariou o Ministério Público e escolheu um nome fora da lista tríplice para ser o procurador da república.
Muitos grupos de extrema direita e apoiadores de Bolsonaro, estão decepcionados com a decisão do MITO.
Se apoiadores de presidente  estão criticando as escolha, logicamente a popularidade do presidente vai cair ainda mais..

O pedido de demissão de 06 procuradores alegando uma decisão legal e constitucional de Raquel Dodge, na verdade não foi por causa de Raquel, já que ela está saindo do cargo.

NADA EXISTE CONTRA TOFFOLI E SIM UMA SUSPEITA CONTRA UM IRMÃO DELE, BASEADA EM DELAÇÃO SEM PROVAS DE LÉO PINHEIRO…….A LAVA JATO DESEJAVA MANDAR O PROCESSO PARA O STF PARA O “DESPACHANTE” LAVAGISTA, FACHIN PUDESSE MANDAR INVESTIGAR. ENQUANTO DURASSE A INVESTIGAÇÃO, O PRESIDENTE DA CÂMARA ESTARIA REFÉM DA LAVA JATO, PARA NO FINAL DO PROCESSO, APÓS A DESMORALIZAÇÃO PÚBLICA, O PROCESSO SER ARQUIVADO.
DODGE AO VERIFICAR QUE O PROCESSO NÃO POSSUIA FUNDAMENTO JURÍDICO, FEZ O ARQUIVAMENTO SEM ENVIAR PARA O STF.
FICA PROVADO QUE A LAVA JATO É UM PROJETO DE PODER.

O PROJETO DE PODER DE MORO, ENTRA EM CHOQUE COM O PROJETO DE PODER DE BOLSONARO. ESTE É O MOTIVO, PARA AS HUMILHAÇÕES QUE MORO PASSA.
MORO NÃO TEM VERGONHA E SE MANTÉM NO CARGO
BOlSONARO  NÃO QUER DEMITIR MORO PARA NÃO PERDER VOTOS DOS BOLSONARISTAS.

Deixe uma resposta