A SITUAÇÃO DE MORO É INSUSTENTÁVEL.

É UM ESCÂNDALO DE PROPORÇÃO JUDICIAL,POLÍTICA. QUE ATENTA CONTRA O ESTADO DE DIREITO E A CONSTITUIÇÃO.

UM JUIZ DANDO INSTRUÇÕES PARA O MP ( ÓRGÃO ACUSADOR) É COMPATÍVEL A UM JUIZ DE FUTEBOL AGINDO COMO TÉCNICO DE UMA DAS EQUIPES EM CAMPO. NA SITUAÇÃO HIPOTÉTICA, O REFERIDO JUIZ DE FUTEBOL SOMENTE VAI PUNIR COM CARTÕES, OS JOGADORES DO TIME ADVERSÁRIO DO TIME DELE.

UM JUIZ NÃO JULGA UM PROCESSO PARA PREVIAMENTE CONDENAR OU ABSOLVER POR CONVICÇÕES PESSOAIS, IDEOLÓGICAS. ELE SÓ PODE TOMAR DECISÕES BASEADAS NOS AUTOS DO PROCESSO. SE ELE INSTRUI UMA DAS PARTES, POSSUI TORCIDA, POSSUI LADO.
E SENDO ASSIM ELE É SUSPEITO E IMPEDIDO DE ANALISAR O REFERIDO PROCESSO.

SESSÃO DA OAB, DECIDIU POR UNANIMIDADE PEDIR O AFASTAMENTO DE MORO .
A OAB NÃO PODERIA SER COVARDE COM MEDO DA OPINIÃO PÚBLICA.
NO PRIMEIRO MOMENTO,MORO NAO NEGOU OS FATOS E DISSE QUE NÃO VIA NADA DE ANORMAL A CONVERSA COM DALAGNOL.
VEJA A REAÇÃO DA OAB.

JORGE RORIZ

Deixe uma resposta