Bolsonaro diz que Moro não será demitido por causa das gravações e mantém Moro cotado para STF

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira que a possibilidade é “zero” de demitir o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, em razão do episódio sobre o vazamento de supostas mensagens entre o ex-juiz da Lava Jato e procuradores da força-tarefa da operação.
“Não existe essa possibilidade (de Moro ser demitido), zero”, disse Bolsonaro, em café da manhã com jornalista no Palácio do Planalto.

O presidente destacou ainda na entrevista que há uma “possibilidade grande” de Moro ser indicado para uma vaga a ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

O PRESIDENTE PODE INDICAR MORO, MAS O SENADO NÃO DEVERÁ APROVAR A INDICAÇÃO. COMO O DESGASTE DE MORO CONTINUARÁ EMM ALTA, DIFICILMENTE ELE FICA NO CARGO ATÉ QUE SURJA UMA VAGA NO STF NO FINAL DE 2020

Deixe uma resposta