Decreto das armas – Bozo é derrotado na CCJ

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) rejeitou hoje (12), por 15 votos a 9, o parecer do senador Marcos do Val (Cidadania), que favorecia o decreto que flexibiliza as regras para o porte de armas no Brasil. Apenas senadores do PSL e do DEM foram orientados a apoiarem o parecer.

A CCJ aprovou um voto em separado, vindo do senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB), contra a medida do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Também foi aprovado pela comissão o pedido de urgência para a votação em plenário. Após isso, o decreto ainda vai para a Câmara.

Deixe uma resposta