Carlos Bolsonaro: Mulher agredida por bolsonaristas “queria matar alguém” com faca parecida com a de Adélio

Buscando novas teorias da conspiração nas redes sociais, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC/RJ) publicou em sua conta no Twitter na manhã desta segunda-feira (8) que a mulher, apoiadora de Lula, que levou uma gravata e foi agredida por três bolsonaristas neste domingo (7) na Avenida Paulista, em São Paulo, antes de ser algemada pela polícia, “queria matar alguém com algo parecido com a faca que o ex-integrante do PSOL tentou assassinar Bolsonaro”.

Assista ao vídeo: Em defesa de Lula Livre, mulher leva “gravata” de bolsonaristas em SP e é algemada pela polícia

Carlos, que vez por outra ainda busca relacionar Adélio Bispo dos Santos, autor da facada em Jair Bolsonaro durante a campanha, como emissário do PSol – mesmo as investigações da Polícia Federal afirmando que ele atuou sozinho -, disse que é “tudo montadinho”.

“Até quando vão cair na narrariva destes espertalhões? Imobilizaram uma mulher que queria matar alguém com algo parecido com a faca que o ex-integrante do PSOL tentou assassinar Bolsonaro… é sempre tudo montadinho!”, tuitou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.