Paulo Guedes desiste de ir à CCJ da Câmara para debater reforma

O ministro da Economia, Paulo Guedes, desistiu de ir à audiência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Federal, nesta terça-feira (26). Ele havia sido alertado por aliados do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de que haveria um esvaziamento na sessão.

De acordo com o G1, em lugar de comparecer presencialmente à Casa, ele vai enviar técnicos da pasta para dar explicações aos parlamentares.

O ministro temia ficar exposto ao ser sabatinado apenas por integrantes da oposição. A expectativa é de que ele só irá ao colegiado depois que houver uma organização maior da base parlamentar, já com relator escolhido.

O aviso sobre a desistência foi dado aos líderes pelo secretário de Previdência, Rogério Marinho. ( Metropoles)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.