Mudança no BPC e na aposentadoria rural dificultam aprovação da reforma

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta terça-feira (26) que as mudanças propostas pelo governo na aposentadoria rural e no Benefício de Prestação Continuada (BPC) “têm mais atrapalhado do que ajudado” a reforma da Previdência.

Maia deu a declaração após ato de 13 partidos na Câmara, que manifestaram apoio à reforma, mas sem as mudanças nesses dois pontos.
Guedes quer tirar o dinheiro dos velhinhos que trabalharam a vida inteira, não possuem renda familiar mínima para sobreviver e não tiveram condições de contribuir. Os velhinho e doentes são alvos de Guedes; o mesmo ocorre com os pequenos produtores rurais que plantam para subsistência.
Para Guedes, quem não contribuiu não tem direito.

Deixe uma resposta