Três generais venezuelanos desertaram e pediram refúgio no Brasil

Em consequência dos confrontos no sábado, quando a GNB dispersou os manifestantes com tiros de balas de borracha e bombas de gás lacrimogêneo, ao menos três sargentos da Guarda desertaram e pediram refúgio no Brasil. Eles disseram não reconhecer mais o governo de Maduro e sim o opositor Juan Guaidó como interino.

Os três sargentos – Jean Carlos César Parra, Jorge Luís Gonzalez Romero e Carlos Eduardo Zapata – disseram que há insatisfação entre os militares, mas os generais ainda apoiam o chavista. “Mais militares estão por desertar”, disse Parra. “Tivemos a coragem de vir fardados à noite pela estrada. Se estivéssemos de roupa nos prenderiam.” ( Estadão)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.