Pimenta no — dos outros é refresco

Quando Temer foi investigado no exercício do mandato, muitos bolsonaristas apoiaram.
Eu considero a prática ilegal. Mas o PGR apoiado por bolsonaristas e pelo STF, apoiaram a tese de “investigado pode, responsabilizado não”.
OK. Agora o Flávio Bolsonaro, reclama que estava no exercício do mandato e está sendo investigado……..
Quando quiseram acabar com o foro privilegiado, os bolsonaristas foram favoráveis…….

Agora o Flávio Bolsonaro entrou com uma ação no STF reclamando que ele possui foro privilegiado e pediu para parar a ação. ( na verdade o foro não se aplica ao caso em questão porque a lei foi alterada)
Só vale no exercício do mandato e em função do mandato. Não se aplica ao caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.