Bolsonaro retira Brasil de Pacto de Migração assinado por mais de 160 países


O governo brasileiro informou nesta terça-feira,8, oficialmente à ONU em Nova Iorque e em Genebra que o País está se retirando do Pacto Mundial de Migração, assinado em dezembro ainda pelo governo de Michel Temer

Negociando por quase dois anos, o Pacto era uma resposta internacional à crise que havia atingido diversos países por conta de um fluxo sem precedentes de migrantes e refugiados. 
O pacto foi aprovado por mais de 160 países na a conferência intergovernamental da ONU, em Marraquexe.

Num comunicado nesta terça-feira, a ONU lamentou a decisão do Brasil. “É sempre lamentável quando um país se desengaja do processo multilateral, em especial de um que respeita tanto as especificidades nacionais”, comentou a entidade, declarou Joel Millman, porta-voz da Organização Internacional de Migrações.

Deixe uma resposta