Bolsonaro diz que não haverá pena de morte no seu governo

o filho do presidente eleito, Eduardo Bolsonaro,  defendeu “a possibilidade de pena de morte para traficantes de drogas, a exemplo do que ocorre na Indonésia, e para autores de crimes hediondos”.

O eleito Jair Bolsonaro escreveu no Twitter:

“Em destaque no jornal O Globo de hoje informou que, em meu governo, o assunto pena de morte será motivo de debate. ( quem colocou o assunto em debate foi o filho dele) Além de tratar-se de cláusula pétrea da Constituição, não fez parte de minha campanha. Assunto encerrado antes que tornem isso um dos escarcéus propositais diários”, escreveu Jair Bolsonaro em sua postagem.

Deixe uma resposta