Máfia da prótese – Prisões no Rio de Janeiro e em Brasília

A operação Conexão Brasília investiga contratos feitos no DF na área por meio de adesão à ata de registros de preços da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro. A concorrência seria para compra de órteses e próteses.

Os ex-secretários de Saúde do DF Rafael Barbosa e Elias Miziara foram presos nesta amanhã em operação de combate à corrupção do Ministério Público do DF. São cumpridos ainda 44 mandados de busca e apreensão, além de 12 prisões preventivas.

Uma força-tarefa da Comissão de Combate à Corrupção do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (29/11), uma operação de combate à corrupção na Saúde. Dois ex-gestores da área, Rafael Barbosa (foto em destaque) e Elias Miziara, foram presos.

Segundo fontes da Polícia Civil, na casa de Rafael Barbosa, no Park Way, foram apreendidos R$ 25 mil em dinheiro, mídias digitais, pendrives e documentos que podem ajudar nas investigações.

Em Brasília:

Rafael de Aguiar Barbosa – prisão e busca (ex-secretário de Saúde no governo Agnelo Queiroz)
Elias Fernando Miziara — prisão e busca (ex-secretário de Saúde do governo Agnelo Queiroz)
José de Moraes Falcão — prisão e busca (ex-subsecretário de Saúde do DF)
Renato Sérgio Lyrio Mello — prisão e busca (ortopedista)
Vicente de Paulo Silva de Assis — prisão e busca (ex-secretário de Saúde de Planaltina de Goiás)
Edcler Carvalho Silva — prisão e busca (diretor comercial da Kompazo, empresa que vende produtos hospitalares)

No Rio de Janeiro:
Gustavo Estelitta Cavalcanti Pessoa — alvo de mandado de prisão e busca e apreensão
Márcia de Andrade Oliveira Cunha Travassos — prisão e busca
Gaetano Signori – prisão e busca
Marcus Vinicius Guimarães Duarte de Almeida — prisão e busca
Marco Antônio Guimarães Duarte de Almeida – prisão e busca
Miguel Iskin – prisão e busca

Deixe uma resposta