“Dublé de Trump vai prejudicar o agronegócio brasileiro

O dublê de Trump ao desprezar a questão ambiental e ameaçar retirar o Brasil do Clube de Paris, vai prejudicar a exportação do Agronegócio brasileiro.
O Brasil não é os EUA……….e depende da exportação agrícola..
As grandes potências ligados ao referido clube não compram produtos de países que não se preocupam com o Meio Ambiente. Bolsonaro está criando “teorias de conspiração” da ameaça da “soberania”.e fala do “Triplo A” que nada tem a ver com o Clube de París.

Reinaldo Azevedo escreveu sobre o assunto:
“Bolsonaro e seus homens não precisam acreditar no desequilíbrio climático. Podem até considera-lo invenção e besteira. Mas estão obrigados a reconhecer que o debate existe e que ele é fundamental para um país que é, como o Brasil, exportador de commodities agrícolas e minerais. Justamente porque sujeito a crivos internacionais severos para escoar suas exportações, convém que o país seja um protagonista do Acordo de Paris, não um autoproscrito, situação em que se coloca como alvo de possíveis interdições a suas exportações sob a alegação de desrespeito ao meio ambiente. Se o Brasil tivesse desistido só por causa da situação fiscal, estaria tudo bem. Teria sido até sábio. Apelar àquilo que não passa de teoria conspiratória paranoica para renunciar a um compromisso, chamando para si a atenção do mundo, como quem pretende ignorar o debate do desequilíbrio climático, é só uma irresponsabilidade. E que se explicite de novo: não existe nenhuma relação entre o Acordo de Paris e o tal Triplo A.” ( Reinaldo Azevedo)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.