Petição à Casa Branca pede designação de terrorista para George Soros

21/10/2007

A petição We the People, que circula nos Estados Unidos pede para que a Casa Branca considere o bilionário Jorge Soros de Terrorista e pede que os bens de Soros sejam confiscados.

“As características típicas do terrorismo, incluindo transnacional, oculto, sem regras e tremendamente destrutivo, nos deram razão para chamar de terrorismo financeiro”, afirma o documento.

iniciada em 20 de agosto por ‘E.B.’ e, até 7 de setembro, tinha mais de 142.843 mil assinaturas, mais que as 100.000 assinaturas necessárias para obter uma resposta da Casa Branca.

“Acreditamos que, em pouco tempo, a ‘guerra financeira’ será, sem dúvida, uma definição nos vários tipos de dicionários do jargão militar oficial”,
“As características típicas do terrorismo, incluindo transnacional, oculto, sem regras e tremendamente destrutivo, nos deram razão para chamar de terrorismo financeiro”,

Soros é acusado de trabalhar para “facilitar o colapso dos sistemas e do governo constitucional dos Estados Unidos.

Soros é acusado de quebrar moedas em diversos países e financia movimentos contra Trump além de estimular ideias comunistas.

A petição foi entregue à Casa Branca no final do mês passado; ( setembro/2017).

Em 2014 em plena falcatrua do petrolão, soros investiu na Petrobras. e patrocinou o Santander o Banco da exposição de pedofilia disfarçada de arte.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.